O Integralismo e os seus poetas

Segue um trecho do ensaio "O Integralismo e os seus poetas", de Dario de Bittencourt, em que este fala da pujante plêiade...

Despedida – Felipe M. Bertoldo

Despedida Quando então caírem as lágrimas Lembra-te de que deves alegria por vossa história, Não por sumo infortúnio, Mas por sua vivificante e doce memória Se for-te ainda concedido O...

Memória – António Sardinha

O poema que lerão a seguir é da autoria do alentejano António Sardinha (Monforte, 09/09/1888 — Elvas, 10/01/1925), que é sem dúvida alguma o...

O já perdido – Victor Emanuel Vilela Barbuy

“Amamos lo que no conocemos, lo ya perdido” – Jorge Luis Borges Amo o que não conheço, o já perdido. Os tempos que já lá vão E...

Frente Única – Padre Mello

Eis-me no meio de espiritualistas de credo igual e credo diferente, para que vendo-nos entenda a gente os nossos ideais integralistas. Nós estamos ali conforme as vistas do grande...

A poesia é a quinta dimensão do mundo – Luís da Câmara Cascudo

Três são as medidas do mundo. Quatro, ensina Einstein. Inclua o tempo. Cinco! Conte com a poesia... Santa Tereza de Jesus escreveu: CREO QUE EN CADA COSITA...

Na São Paulo de Ontem

Victor Emanuel Vilela Barbuy Manhã. Sol. Gotas de orvalho. Sobre as flores do jardim. Jardim modesto...

Cruzado sou – Poema de António Sardinha

Cruzado sou. Envergo uma couraça, Jurei meus votos num missal aberto. – eu me persigno em...

NOTAS

Aborto e Democracia Liberal na América Latina

A Democracia Liberal atacou novamente, na América Latina! Desta vez, ainda quando nós, cristãos, celebramos a Oitava de Natal (o nascimento de...